Região dos Lagos – Um paraíso tropical no litoral fluminense

6 minutos para ler

A Cidade Maravilhosa, um dos cartões postais do Brasil no exterior, é lembrada principalmente pelo carnaval e pelas belezas das praias de Ipanema e Copacabana. Mas o Estado do Rio de Janeiro tem mil encantos um pouco mais distantes da Baía de Guanabara. Um exemplo é a Região dos Lagos, a cerca de 2h30 de carro da capital fluminense. Com uma natureza exuberante e belíssimas praias comparáveis ao Caribe, Cabo Frio, Búzios e Arraial do Cabo oferecem diversão para turistas de todas as idades. Nesta edição, a Revista Temporada falará um pouquinho sobre cada uma delas para você poder aproveitar cada pedacinho desses paraísos.

Armação dos Búzios

Destino mais badalado da Região dos Lagos, Búzios era apenas uma vila de pescadores quando entrou no radar internacional ao ser descoberto pela atriz e ativista francesa Brigitte Bardot, na década de 60. O impacto no turismo rendeu uma homenagem à artista, com a criação da Orla Bardot, que margeia a Praia da Armação e onde, inclusive, está instalada uma estátua em tamanho natural da estrela. Bem ao lado, o charmoso centrinho da cidade, a Rua das Pedras, está repleto de restaurantes, bares com música ao vivo, lojas sofisticadas e muita, muita agitação.

Búzios também surpreende com seus oito quilômetros de litoral e 23 praias, como a famosa Geribá, onde a paquera rola solta na areia e o mar fica cheio de surfistas. Já as praias da Azedinha, João Fernandes e Ferradura atraem as famílias com crianças pela tranquilidade das águas. Se a sua onda são os esportes náuticos, como windsurf e kitesurf, rume para Manguinhos ou Praia Rasa, onde os bons ventos garantem emoção de sobra. E se gosta de navegar, não deixe de fazer o passeio de escuna ou catamarã para conhecer as Ilhas Feia, do Caboclo e Rasa, que circundam a península e formam um ecossistema perfeito para peixes, corais e aves marinhas, ideal para mergulho ou pescaria.

Cabo Frio

Vai viajar com a família? Cabo Frio é um excelente lugar visitar. O sétimo município mais antigo do Brasil – e o principal da Região dos Lagos – tem mar transparente, belas praias de areias brancas, dunas e uma história própria. A cidade oferece a melhor infraestrutura da região, com calçadão a beira-mar e quiosques padronizados. A noite de Cabo Frio é mais animada na Avenida do Contorno, no bairro da Passagem e na área do canal de Itajuru. De dia, as atrações ficam por conta das lindas praias, passeios de barco ou o city tour de bicicleta pelos pontos turísticos da cidade. Entre eles, o Forte de São Matheus, construído pelos portugueses no século 17 para defender o local das invasões dos franceses, ingleses e holandeses e que ainda mantém seus canhões apontados para o mar. Destaca-se também o centro histórico e o bairro da Passag

em, com seus vários prédios tombados pelo Patrimônio Histórico, como a Igreja de São Benedito.Entre as cerca de quinze praias, a mais badalada é a Praia do Forte, que começa junto ao Forte São Mateus e vai até as praias do Foguete e das Dunas, perto de Arraial do Cabo. Do outro lado do canal, estão a praia Brava (apreciada pelos naturistas), a pacífica Conchas e a do Peró. Para completar, a Ilha do Japonês, um paraíso ecológico de águas serenas, rasas e quentes, procurado por praticantes de SUP e caiaques. Visite também a Rua dos Biquínis, um shopping a céu aberto que concentra 70 lojas exibindo as criações de fábricas locais.

Arraial do Cabo

O cenário de Arraial do Cabo é de tirar o fôlego. Nem mesmo a temperatura gelada de suas águas cristalinas intimida os turistas. A cidade tem uma das melhores condições do país para os praticantes de mergulho. A excelente visibilidade das águas permite apreciar navios naufragados, grutas e fendas que abrigam uma rica vida marinha. A Igreja de Nossa Senhora dos Remédios, erguida pelos navegantes portugueses em 1506, na Praia dos Anjos; os casarios do Largo Histórico e o Museu Oceanográfico são outras atrações da localidade. Imperdível? O pôr do sol no Pontal do Atalaia. Um espetáculo simplesmente indescritível. As urbanizadas Praia Grande e Prainha oferecem diversão tranquila para a família, mas algumas das mais belas praias de Arraial só podem ser exploradas de barco ou vencendo trilhas íngremes. Este é o caso da Brava, a preferida dos surfistas, onde é preciso enfrentar uma escadaria com mais de 300 degraus e ainda descer pelas rochas para ter acesso a areia. Escondida por um morro, a praia do Forno, de águas transparentes, corais, mata preservada e quiosques, também tem percurso complicado, mas brinda os mais persistentes com um mirante natural no alto do morro que proporciona uma vista privilegiada da região.
Da Praia dos Anjos saem as embarcações que fazem passeios com roteiros que incluem o Pontal do Atalaia, a praia da Ilha do Farol, a praia do Forno, além da impressionante Gruta Azul – um incrível salão rochoso de 30m de extensão e 15m de altura, que ganhou esse nome por conta da incidência da luz, que torna suas paredes de tons dourados e prateados em azuis. Não raro, você poderá ver tartarugas marinhas, golfinhos e até baleias. Uma experiência inesquecível.

Dicas
:

– Nas três cidades há várias empresas que fazem os passeios de escuna. Pesquise os preços e peça referências nos quiosques de atendimento ao turista.

– Evite a alta temporada, que vai de dezembro até a Semana Santa, e os feriados prolongados. Os preços costumam disparar.

– Meses mais chuvosos são dezembro e janeiro. Os mais secos julho e agosto.

www.buzios.rj.gov.br

www.cabofrio.rj.gov.br/turismo/portal

www.arraial.rj.gov.br

 

 

 

Posts relacionados

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.