Roteiro em Tiradentes: saiba o que fazer em sua viagem à cidade mineira

8 minutos para ler

Imagine um lugar com largas ruas de pedra, arquitetura rica em história, clima de tranquilidade, um ar mais bucólico e todo o charme de uma paisagem emoldurada pelo verde das montanhas. Esta viagem faz parte de um roteiro em Tiradentes, uma das cidades históricas mais famosas do Brasil e que também foi considerada Patrimônio Histórico Nacional.

A cidade com 7.981 habitantes (IBGE/2019) no sul do estado de Minas Gerais pode até ser pequena, mas é muito convidativa para belos dias de descanso em um feriado de três dias ou uma viagem de fim de semana. Então, que tal embarcar nesse passeio comigo para conhecer mais sobre a cidade mineira? Arrume as malas e me acompanhe!

Como chegar em Tiradentes

Tiradentes é uma das cidades históricas mais importantes do país. Apesar de ser um dos destinos turísticos mais procurados em Minas Gerais, chegar até lá pode não ser uma tarefa tão fácil. Eu já vou te contar o motivo!

O aeroporto mais perto de Tiradentes é o Aeroporto Internacional de Confins, na capital Belo Horizonte, a 230 quilômetros. Não há linhas diretas de ônibus ligando as duas cidades. É preciso ir até São João Del Rei e, de lá, pegar outro coletivo até Tiradentes em mais ou menos meia hora de viagem.

Se quiser praticidade e ainda aproveitar para conhecer cidades vizinhas no trajeto, recomendo ir de carro. Uma boa opção é o aluguel. Embora o roteiro em Tiradentes possa ser feito a pé, com um veículo você pode visitar o maior museu a céu aberto do mundo (Inhotim) ou a cidade colonial de Ouro Preto ou esticar até Bichinho, famosa pelos ateliês de arte e a Casa Torta.

Quando é a melhor época para conhecer

Geralmente, quando se fala em melhor época do ano para viajar, a dica já é direcionada para a estação, se chove mais ou faz sol. Vou falar sobre isso, mas quero começar de outra forma. Por um roteiro em Tiradentes que aproveite feriados e finais de semana.

Festivais

A cidade tem algumas datas importantes que podem enriquecer sua experiência de viagem. É sempre bom consultar o calendário oficial de eventos. Entre os principais festivais, destaco a 23ª Mostra de Cinema (24 de janeiro), Festival de Vinho e Jazz (19 a 21 de junho), Bike Fest – Encontro de Motociclistas (24 a 28 de junho) e Festival de Gastronomia (21 a 30 de agosto).

Finais de semana e feriados

Como a cidade é pequena, passar um fim de semana em Tiradentes pode ser uma boa forma de se desconectar do dia a dia corrido, enquanto você conhece uma atração aqui e outra ali. Nos feriados, as datas religiosas ganham destaque, sendo a Páscoa como uma das mais festejadas.

Estações do ano

As estações podem ser divididas em dois momentos: chuvoso ou seco. As épocas com maior incidência de chuva acontecem na primavera e no verão. Dezembro e janeiro são os meses que registram precipitações mais altas. A temperatura, normalmente, varia entre 17ºC e 25ºC.

Já outono e inverno são as estações mais secas. Os melhores meses para evitar uma viagem com chuva são junho, julho e agosto. Os termômetros marcam máximas de 20ºC a 24ºC, mas um clima mais ameno à noite, entre 11ºC e 15ºC.

Atrações imperdíveis para incluir ao roteiro em Tiradentes

Fundada em 1702, Tiradentes foi um dos mais importantes núcleos de extração de ouro no país. Hoje, a base da economia vem do turismo. Apesar de pequena, a cidade conta com diversas atrações, com casarões coloniais, paisagens encantadoras e até um passeio de Maria Fumaça. E tudo com aquele toque que somente a tradição mineira é capaz de oferecer.

Seja para se desconectar do mundo, passear sem pressa e curtir a vida passar, fazer um bate e volta ou aproveitar o turismo histórico da região, não faltam opções para incluir no seu roteiro em Tiradentes. Vem comigo conhecer passeios imperdíveis pela cidade mineira!

Centro Histórico

Nada mais clássico do que andar pelas ruas de pedra e passar por casarões antigos do centro histórico de Tiradentes. Aliás, grande parte das atrações fica concentrada nessa região, desde igrejas e museus até restaurantes e lojas de artesanato.

O passeio pode começar pelo Largo das Forras, que é a praça mais tradicional da cidade, onde ocorrem jogos de carta e tabuleiro entre os moradores. Além de ser o ponto de encontro das principais ruas. Perto dali, fica o Largo do Sol com a estátua de Joaquim José da Silva Xavier, mais conhecido como Tiradentes, o Museu Padre Toledo e o Chafariz de São José.

Igrejas

No circuito religioso, o destaque fica por conta das igrejas e suas belas fachadas arquitetônicas inspiradas na arte barroca. Localizada no alto do centro histórico, o cartão-postal da cidade é a Igreja Matriz de Santo Antônio. Construída durante a época da corrida do ouro, sua fachada passou por uma renovação pelas mãos de Aleijadinho.

Outra igreja que ganha relevância é a de Nossa Senhora do Rosário dos Pretos, tombada como patrimônio nacional pelo IPHAN. Sem contar as capelas que formam os passos da Paixão de Cristo. Aproveite também os concertos semanais de órgão de tubo.

Museus

Uma das construções que merece atenção especial é o da antiga cadeia pública. Hoje, o local abriga o Museu de Sant’Ana com um acervo de imagens da santa nos mais variados estilos e técnicas. Além dele, há o Museu da Liturgia e o Museu Casa Padre Toledo, que citei mais cedo.

Passeio de jardineira ou charrete

Quer uma dica para conhecer o centro histórico de Tiradentes de uma forma diferente? Dê uma volta com as tradicionais charretes coloridas puxadas por cavalos ou faça um passeio com a jardineira de 1935, chamada de Charmosa. Ela faz parte do Museu do Automóvel e passa pelos principais pontos da região.

São João Del Rei de Maria Fumaça

Se você já fez a viagem de trem de Curitiba até Morretes ou outras pelo Brasil afora, não deixe de experimentar o passeio de Maria Fumaça que liga Tiradentes a São João Del Rei. São 12 quilômetros pela história e cultura ferroviária de Minas Gerais, com bilhetes que variam de R$35 a R$80.

Ao chegar, aproveite para visitar o Museu Ferroviário, na própria estação, com relíquias da Estrada de Ferro Oeste Minas. A partir daí, você pode caminhar até a Igreja de São Francisco de Assis, com desenhos feitos por Aleijadinho, e pelos arredores da cidade mineira.

Onde se hospedar na cidade mineira

Já adianto que independentemente da escolha, Tiradentes tem uma boa oferta de pousadas dentro do centro histórico e em locais um pouco mais afastados. Se você estiver sem carro ou vai visitar a cidade pela primeira vez, ficar em uma área mais central tende a ser vantajoso, já que poderá fazer tudo a pé.

No centro histórico

A apenas 800 metros do Largo das Forras, a Pousada Villa Alferes é a melhor opção para quem quer a comodidade de estar perto de tudo. A área comum inclui piscina ao ar livre, sauna, jardins bem cuidados e um deque com espreguiçadeiras.

Fora da região central

Se você vai viajar de carro, pode optar por ficar mais afastado e aproveitar toda a estrutura das hospedagens, com áreas de lazer e contato mais próximo da natureza. Uma das opções é o Hotel Serra Vista, a 350 metros da estação para o passeio de Maria Fumaça. Sua estrutura tem parquinho infantil e piscina com toboágua para quem viaja em família. A Pousada Candonga da Serra, por sua vez, é uma ótima pedida para viajantes que preferem contemplar a natureza de perto e curtir toda a tranquilidade ao redor.

Um roteiro em Tiradentes é como uma viagem no tempo. Casarões em estilo colonial, ruas de pedra, um clima charmoso e aconchegante, além de todo um verde ao redor são um convite para quem busca descanso ou uma experiência cultural e histórica. Por concentrar seus pontos turísticos muito próximos uns dos outros, uma viagem em final de semana ou feriado já vale a pena. É um jeito de curtir e se desconectar do ritmo acelerado do dia a dia.

Aproveite todas as vantagens do Clube Montreal. Entre em contato com a nossa equipe e transforme sua viagem em momentos inesquecíveis.

Powered by Rock Convert
Posts relacionados

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.