Seguro viagem ideal: aprenda como escolher o melhor para você

6 minutos para ler

Está com as passagens compradas e com o hotel reservado para as próximas férias, mas ainda não pensou no seguro viagem? Esse item é essencial para o passeio e não pode ser deixado de fora do planejamento.

Em alguns destinos, a contratação é obrigatória, além disso ele agrega mais conforto e segurança, podendo ainda evitar dor de cabeça caso ocorra problemas durante o passeio.

É claro que ninguém deseja ter complicações de saúde ou acidentes durante as férias, certo? Mas é fundamental se preparar para lidar com isso. Um jantar que não caiu bem ou uma queda durante uma caminhada são exemplos de situações que podem alterar os planos e fazer com que você necessite de cuidados médicos.

Por isso, uma dica que dou para todo o viajante, é providenciar um seguro viagem, independentemente do destino. Há diversas empresas que oferecem esse produto e com diferentes proteções. Para ajudá-lo nessa missão, separei abaixo algumas dicas de como escolher o melhor seguro viagem. Continue a leitura e saiba mais!

Como funciona um seguro viagem?

É um serviço temporário que serve para protegê-lo em casos de imprevistos, como problemas de saúde, acidentes e outras complicações, e ainda garantir indenizações.

Geralmente, ele é contratado para destinos internacionais, mas também pode ser útil em viagens nacionais se o seu plano de saúde não tiver cobertura em todo o território, por exemplo.

Dessa forma, se ocorrer uma situação inesperada, e você precisar arcar com despesas médicas, não ficará com um rombo no orçamento, já que ao retornar da viagem será reembolsado pela seguradora, de acordo com os limites e as condições estabelecidas na apólice.

Por que contratá-lo?

Mesmo que você faça uma viagem de baixo custo, é recomendado investir em um seguro viagem. Economizar nesse tópico representa certo risco, pois se você ou um viajante de seu grupo ficar doente, ou sofrer algum acidente, o tratamento no exterior costuma ser bastante alto. Por outro lado, ao optar pelo seguro, você evita gastos excessivos e garante todos os cuidados necessários, como serviços médicos, odontológicos, ambulância, internação, retorno antecipado etc.

Outra vantagem é que dependendo da cobertura, você ainda poderá ter proteção em caso de extravio de bagagem, remarcação de passagem, entre outros itens.

Além disso, vale a pena reforçar que, em alguns países, essa contratação é obrigatória, portanto, verifique as informações com os órgãos oficiais para saber se isso se aplica ao seu destino. Se você planeja embarcar para locais como Itália, França e Portugal, por exemplo, deverá providenciar um seguro viagem adequado.

Seguro viagem: como escolher o ideal para mim?

É comum que os viajantes fiquem com dúvidas sobre como escolher o seguro viagem. Afinal, há diversas seguradoras e tipos de cobertura. Contudo, para garantir uma proteção adequada, é essencial ficar de olho em todos os detalhes.

O primeiro passo é entender que o seguro varia de acordo com o destino, o estilo da viagem e o perfil do turista. Idosos, crianças e grávidas geralmente precisam de uma cobertura diferenciada para atender possíveis necessidades durante o passeio. Por isso, é importante informar todos os detalhes antes de fechar o negócio. Abaixo, separei mais algumas dicas, confira!

Analise o destino

O destino é fator essencial para a contratação, já que a cobertura varia de acordo com as normas do país. Em viagens para países da Europa que fazem parte do Tratado de Schengen, o seguro viagem deverá ter cobertura mínima de 30 mil euros.

Embora o valor da cobertura seja alto, o custo do seguro é bastante acessível. Devido à oferta de seguradoras, é possível encontrar diferentes orçamentos pelo mercado.

Pondere a cobertura do seguro

Outro ponto importante é conferir a cobertura do seguro. Como falei no item anterior, para alguns países da Europa, é preciso ter uma cobertura mínima específica, entretanto, há ainda outros fatores que devem ser considerados.

Quem pretende realizar esportes de aventura, por exemplo, deve optar por um seguro com uma cobertura para essa modalidade. Normalmente, os contratos comuns não garantem indenização em acidentes com esqui, escalada, mergulho, entre outras atividades.

Além disso, se você tem uma doença preexistente, confirme se há cobertura para isso. Dessa forma, se você precisar de atendimento médico, não ficará sem proteção.

Leve em consideração o número de pessoas

Ao realizar uma viagem em família, é recomendado adquirir o seguro para todos. Em alguns casos é possível encontrar um plano familiar com valores mais atrativos. Contudo, antes de escolher a melhor oferta, veja se a cobertura atende as necessidades de todo o grupo, de acordo com a idade, o estilo da viagem etc.

Verifique a reputação da seguradora

Há diversas empresas que oferecem o serviço, mas antes de fazer a contratação, pesquise sobre a reputação e a credibilidade de cada uma para evitar complicações no futuro. Veja a opinião de outros clientes, a agilidade no atendimento, entre outros critérios.

Alguns cartões de crédito também contam com seguro viagem e podem ser uma alternativa mais vantajosa. Sendo assim, solicite mais de um orçamento e observe os detalhes do contrato para identificar qual oferece o melhor custo-benefício.

Considere a contratação de um plano anual

Se você é um viajante frequente, pode ser interessante optar por um plano anual. Assim, não precisará fazer uma nova contratação a cada viagem. Mesmo que o processo seja rápido, isso acaba tomando certo tempo e se torna mais uma preocupação antes da partida.

Geralmente, não há limite de viagens nos planos anuais, e eles são válidos para diversos destinos do exterior. Além disso, podem apresentar coberturas exclusivas. Se você tem esse perfil, vale a pena conferir os diferenciais oferecidos pelas seguradoras.

Essas são as principais dicas sobre como escolher o seguro viagem. Agora, você poderá analisar as coberturas com mais conhecimento e adquirir o produto ideal para o seu perfil. Por fim, não se esqueça de levar a apólice durante a viagem para apresentá-la na imigração se for solicitado, além de ter todas as informações em mãos caso haja algum imprevisto.

Esclareceu as suas dúvidas sobre seguro viagem? Quer receber outras dicas interessantes para as suas férias? Então, acompanhe o Clube Montreal no Facebook, Instagram, YouTube e LinkedIn!

Powered by Rock Convert
Você também pode gostar

Deixe uma resposta

-